sábado, 15 de outubro de 2016

Effects of sleep deprivation

A paciência vai-se, ainda que disfarçada levemente até que alguém a teste...
A mente perde a precisão, a rapidez de processamento...
E eu perco-me na minha Memory Lane, sem saber bem o que estou a fazer mas certamente não era nada disto em que tinha pensado quando me sentei em frente ao pc..
Vejo fotos, abro os meus separadores e começo novamente uma limpeza no meu cantinho virtual e deparo-me com isto! Ao tempo que eu não abro sequer este blog!!!
Lembrei-me de escrever qualquer coisa.. Talvez a inspiração volte, por norma, aparece sempre quando não deve, ou quando me rouba o sono e tenho pouco tempo para dormir...
Mais q não seja, tirar o pó aqui da  pagina e ou bem que tento voltar a fazer algo ou mais vale realmente apagar isto. Coisa que detesto são paginas perdidas na net de coisas que não são actualizadas há anos e que me fazem perder o precioso tempo em pesquisas que podiam ser feitas relativamente um pouco mais rapidas. Devia  haver um tempo limite de inércia, assim como no Dropbox... Tudo o que está desactualizado devia simplesmente desaparecer.. E por esse motivo eu já me tinha lembrado que tinha isto e escrito qualquer coisa ou já não estaria por eu simplesmente ter ignorado ( como fiz com o Dropbox LOL )
E como, não sei bem porquê, me apeteceu tirar a ferrugem dos dedos e dar uso ao teclado sem ser numa pesquisa de dez segundos e ver que tal me saí no fim disto tudo...
Todos temos cada vez menos tempo, ou menos vontade, afinam-se prioridades, acalmam-se vontades e desejos em prol de mais um hard day work... Somos grandes, crescidos, adultos... Se me dissessem que ser adulto me ia obrigar a abdicar do meu tempo de brincadeiras, jru que nunca teria querido crescer...!!!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Vontades

Abrigo tantas...
Abriguei por muito tempo a vontade de apagar isto tudo pq já  n tenho  paciência ou hábito de escrever novamente. Porque  mudei, porque certas coisas já não fazem sentido... Mas ainda assim, abrigo em mim a vontade de escrever pensamentos que não partilho com ninguem...
Tenho adiado o apagar deste canto por isso mesmo. E tenho adiado escrever meia duzia de palavras q só a mim fazem sentido.
Quem sabe, desta vez, n consigo retornar ao velho hábito...
Algumas coisas não mudam, outras não deviam mudar nunca.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Adeus Blog!

A partir de hoje, encontram-me aqui. Projecto começado há muito e q decidi tornar publico. Dentro de uns dias apagarei este blog.. Espero que os destribalizados apareçam por lá... Gostei desta aventura, durou uns bons 3 anos e a partir dai o meu regresso foi sendo cada menos constante, por isso, aos companheiros de jornada antiga, um grande Bem Haja!

terça-feira, 23 de julho de 2013

Recomeço...

Porque na vida nada se acaba e tudo se transforma, resolvi hoje, depois de dar uma vista de olhos no antes, fazer o q já devia ter feito há muito. Porque já nem sou mais a mesma pessoa que era antes e porque também preciso de me desligar de certas memórias... Reverti para rascunhos os antigos post's. Não quero mais deixar certas coisas perdidas... Para perdida chego eu! E como tal, vou apagar todos os sites q n uso!Hoje! O que fazemos ao q temos em casa q já n serve? Pois... Vou fazer o mesmo na net. Livrar-me de tudo o q não interessa... Está mais q na hora e eu só tenho vindo a adiar. Chega! Hoje é o dia ;)

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Só porque gostei!

"Estou apaixonada. Se apaixonada era o que não queria estar. Dói-me no peito, aperta-me o estômago, Sinto o mundo às voltas… Apetece-me vomitar. Mas quando o álcool percorre o corpo, não passa do gosto forte à liberdade? Perdemos o ponto de equilíbrio, quando descobrimos inebriada a felicidade. Somos mais nós quando não somos, explodimos em vómito as incompreensões da alma indecifrável...como nos copos chineses, vemos clara a imagem, ausente na sobriedade cínica da água potável. …sem sabor ou cheiro próprio. A ressaca leva-nos o sonho, mas voltamos sempre a outro copo, procurando no fundo a resposta do sentimento. E o que descobrimos lá dentro? Um ser confuso, atormentado...Toda a nossa alma dentro do vidro. Um ser diferente, um ser despido. Estou apaixonada pela complexidade do descomplexo. Pelo que me mostra o meu reflexo, num mundo grande demais para ser todo. Desenhado numa bola de entendimento fácil... Mapa do tesouro escondido. Existe algures, por detrás do lodo… Do que se quer, do pretendido. Somos mais do que o que queremos. Do que as nossas mãos tentam fechar. Somos, fomos…sempre seremos… ...impulso cego… Vultos sedentos no meio de um bar. (Estou apaixonada. Não queria estar.) Os lábios molham-se, o coração embriagado entrega-se ao vício das lágrimas de líquido salgado…caiem sobre o copo quase entornado. Beijam-se as bordas...depois um golo desesperado. Vou vomitar…está quase quase… Mas amanhã devo voltar." Desconheço o autor

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Inesperado...

Quando menos se espera acontecem coisas de toda a forma e feitio...
Sejam boas ou más, acontecem...
Fogem ao nosso controlo e a tudo o q possamos tentar fazer para o evitar.
Algumas servem-nos de lição de vida, como que, se o destino estivesse rindo sarcásticamente da nossa pessoa.. Outras, por vezes parecem uma benesse.. Outras são mesmo positivas e consequência de caminhos por nós escolhidos...
Mas e quando as benesses se tornam em coisas angustiantes?
Remédio? Deixa-las no mesmo  canto em q as encontramos...
( fazendo de conta q assim é...)
Resta esperar q o tempo traga consigo o alivio...

terça-feira, 2 de julho de 2013

Saudade...

Saudade de escrever..
De partilhar emoções, ideias e desabafos...
Não é q me sinta melhor ou pior por escrever mas existe algo de relaxante após a partilha.
Talvez seja o desabafo, como quem livra um peso dos ombros.. Como um cigarro...
Existe de facto algo, quando divago sem pensar muito no q escrevo , ou sequer se alguem o vai ler.
Assemelha-se, talvez, como fumar um cigarro no fim de um dia exaustivo.
E esse aprazivél sentimento, grava em mim uma saudade...


segunda-feira, 20 de maio de 2013

Dreaming....

Setenil de las bodegas, Cadiz
Quero mesmo ir  visitar um dia, a  caminho de Malaga... 
Uma daquelas  viagens a ser  feitas com um excelente companheiro e/ou uma mota! :)

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Sofia's Modes...


"O amor e a razão são dois viajantes, que nunca vivem juntos na mesma hospedaria: 
quando um chega, parte o outro."

Walter Scott